Justiça: reflexão e contexto social

5 de abril de 2018

Na última semana, a turma do 1º ano do Ensino Médio refletiu junto do professor de Filosofia, Nilmar Daniel, o que seria justiça para eles em diferentes situações e contextos.

Proporcionando uma momento de discussão, em que o senso crítico dos alunos fosse estimulado, o professor Nilmar nos contou que temas como verdade, sinceridade, honestidade, autoridade dos pais e amizade foram trazidos para o grande grupo a fim de aproximar a aula ao contexto dos adolescentes. Sentados no pátio do colégio, pequenos grupos traziam um dos temas para debate e a turma se envolvia, trazendo conceitos e argumentações para sustentar os seus posicionamentos.

Uma das últimas discussões trazidas pelos alunos foi sobre a “Escola sem partido”, projeto de lei 193/2016, que altera alguns aspectos das diretrizes e bases da educação nacional. De acordo com o site da EBC:

“Os projetos de lei do “Escola sem Partido” pretendem especificar os limites da atuação dos professores, impedindo que eles promovam suas crenças particulares em sala de aula, incitem estudantes a participarem de protestos e denigram os alunos que pensem de forma distinta. Além disso, o projeto dá o direito dos pais de escolherem como será o ensino de religiões distintas das suas (“direito dos pais dos alunos a que seus filhos recebam a educação religiosa e moral que esteja de acordo com as suas próprias convicções”).”

Dá uma olhada como foi esse momento de reflexão nas fotos a seguir:

Fonte: http://www.ebc.com.br/educacao/2016/07/o-que-e-o-escola-sem-partido